Síndico, zelador e administradora: o trio de sucesso.

A boa condução da gestão de um condomínio não depende apenas do trabalho interno do síndico com o zelador. A administradora é o terceiro pilar para o sucesso dos resultados.

A evolução e crescimento dos empreendimentos habitacionais aumentaram as demandas na administração. O que antes podia ser controlado apenas pelo síndico, com o auxílio do zelador, agora precisa de uma outra colaboradora muito importante, a administradora de condomínios.

Um condomínio bem administrado divide os trabalhos entre esses três pilares com funções bem definidas. Essa relação necessita ser de confiança e transparência. Nenhum síndico terá sucesso em sua gestão sem que a administradora e o zelador trabalhem bem e em harmonia.

É preciso saber seus papéis e distribuir as tarefas de acordo com suas competências. O alinhamento das ideias com a administradora e espírito colaborativo com o zelador na divisão de trabalhos faz com que o síndico possa se dedicar nas questões estratégicas, sem se preocupar com tarefas e questões operacionais.

Papel do síndico

O síndico é responsável pela gestão do condomínio, realizar planejamentos, pensar nas estratégias e tomar decisões. É o representante legal do condomínio e o representa em juízo quando solicitado.

É ele quem zela pela manutenção do patrimônio e pelo bem-estar e segurança dos moradores, de quem recebe dúvidas e sugestões. É o síndico que media os conflitos, fazendo cumprir as regras do condomínio, notificando os infratores e aplicando multas quando necessárias.

O síndico é responsável pela contratação e demissão de todos os funcionários do condomínio e acompanha de perto o trabalho do zelador, sempre o orientando quando necessário.

Papel do zelador

O zelador é líder dos funcionários. Seu papel é fiscalizar e manter o bom funcionamento do condomínio. Coordena as ações que envolvem outros colaboradores, fornecedores e os moradores. As orientações quanto às normas e regulamento são passadas aos condôminos pelo zelador.

Necessita de competência técnica para acompanhar todas as tarefas diárias de conservação do patrimônio e para acompanhar os serviços de reparos e manutenção. É o orientador de toda a equipe de portaria e segurança quanto aos procedimentos internos.

Um bom zelador deve ser alguém de comportamento tranquilo, ser bom ouvinte e que saiba se expressar ao passar todas as orientações necessárias para funcionários e moradores. Toda a documentação enviada e recebida pela administradora passa pelo zelador do condomínio. Ele é o elo de comunicação entre moradores e síndico e síndico e administradora.

Papel da administradora de condomínio

Responsável pela parte técnica da administração de condomínios, com sua estrutura e recursos, sempre estando atualizada com sistemas, normas e leis, pode oferecer centenas de atividades para contribuir na gestão do condomínio.

A administradora deve agir otimizando o trabalho e dando orientações e suporte em questões jurídicas, financeiras e administrativas. Atividades burocráticas como pagamentos de funcionários, emissão de boletos, controle de vencimentos de contratos, também passam pela administradora de condomínios.

Braço direito do síndico, a administradora deve oferecer métodos para simplificar o trabalho, deixando-o mais tranquilo para focar em outras atividades que melhorem a vida do condomínio e estar mais perto do zelador para questões do dia a dia.

Com 31 anos de experiência em administração de condomínios, a GW oferece um pacote de serviços que colaboram na gestão do síndico e facilita os trabalhos do zelador. Uma de nossas principais metas é zelar pela qualidade de serviço oferecido e ainda assim gerar economia.

Entre em contato conosco e saiba mais como a GW pode colaborar na administração do seu condomínio.